FOTOGRAFIAS

AS FOTOS DOS EVENTOS PODERÃO SER APRECIADAS NO FACEBOOCK DA REVISTA.
FACEBOOK: CULTURAE.CIDADANIA.1

UMA REVISTA SEM FINS LUCRATIVOS

terça-feira, 29 de novembro de 2011

II Colóquio Internacional Michel Foucault


Ao mesmo tempo, a realização do I Colóquio pretendeu abrir um espaço propício para fomentar o debate instaurado em torno de problematizações e temáticas que podem ser suscitadas ou alimentadas pelo vasto legado deixado por Michel Foucault, o que se desdobra na realização desta segunda edição. Além dos Programas de Pós-Graduação em Educação, em História e em Filosofia, envolvidos na primeira, agora também se juntam neste esforço coletivo o Programa de Ciências Sociais e o de Psicologia.
De modo que, neste II Colóquio, a proposta é refletir sobre a infância e diferentes modos de concebê-la em nossa sociedade. Busca-se por em foco saberes e práticas sobre a infância, indagando-a como algo que se inventa, como uma construção histórica em suas múltiplas formas.
A infância, entendida como uma invenção moderna, ocupa espaços sociais – da mídia, da medicina, da psicopedagogia, do consumo, da pedagogia, da psicologia, da literatura, entre vários outros –, de modo que sua existência é atravessada por processos de acumulação de saberes sobre o corpo, o desenvolvimento, as capacidades, as vontades, as tendências, as brincadeiras, as fragilidades, as vulnerabilidades, os instintos, as paixões e potências infantis que, por sua vez, se acoplam a práticas discursivas e não discursivas em que tais saberes se imbricam em mecanismos de poder, cujo resultado acaba sendo a produção de uma infância governada, segundo normatividades da sociedade que se empreende.
Nessa perspectiva a infância deve ser conduzida, segundo modelos estabelecidos científica e institucionalmente, consubstanciando uma concepção que é parametrada e, ao mesmo tempo, também é parâmetro de políticas educativas, políticas de conhecimentos, legislações, estruturas e funcionamentos de escolas para crianças e de toda uma rede de instituições que as acolhem, fabricando-se, assim, uma infância pautada na continuidade cronológica, no tempo como sucessão e sequência de etapas do desenvolvimento.
Pensar a infância, problematizando-a como uma invenção, permite perceber sua construção histórica como categoria das ciências do homem e a forma como ela é engendrada no contexto social moderno. Neste sentido, pensar com Foucault possibilita ver, desde essa perspectiva administrativa, o que se está fazendo da infância e com a infância em nosso tempo presente.
Não obstante, Foucault não ter desenvolvido uma teoria da infância, uma formulação conceitual sistemática do tema, há em sua obra chaves de compreensão com as quais se pode descortinar modos diferentes de se pensar as formas dessa administração infantil, fornecendo pistas para concebê-la como produção histórica, construção cultural e, portanto, desvinculada de definições estáticas, naturalizantes e essencialistas.

Local do Evento

Universidade Federal de Uberlândia
Av. João Naves de Ávila, 2121
Campus Santa Mônica - Bloco 3Q
38400-902 - Uberlândia/MG

ISATEC 2011


ISATEC RIO 2011 - 01 DE DEZEMBRO DE 2011
GRADE OFICIAL DO EVENTO
08h Credenciamento e abertura
8h20 LEAD: LABORATÓRIO DEDICADO AO DESENVOLVIMENTO E APLICAÇÃO DE REDES DIGITAIS DE CAMPO NA PETROBRAS PETROBRAS MIGUEL BORGES
8h40 AMBIENTE DE TESTES PARA INTRUMENTAÇÃO E CONTROLE DE DUTOS - O CTDUT CTDUT ARTHUR JORGE DE FREITAS BRAGA
9h GESTÃO DE ATIVOS DE AUTOMAÇÃO UTILIZANDO FERRAMENTA CAE INTEGRADA PETROBRAS GIL PINHEIRO
9h30 SISTEMAS DE MONITORAMENTO REMOTO DE VÁLVULAS E PST (PARTIAL STROKE TESTING) EM SISTEMAS SIL (SAFETY INTEGRITY LEVEL) WESTLOCK LUIZ FRANCO
10h10 MANTENDO O SIL DE UM SISTEMA INSTRUMENTADO DE SEGURANÇA ISA/ EXIDA MONICA LEVY HOCHLEITNER
10h40 PRINCIPAIS ASPECTOS EM APLICAÇÕES DE REDES SEM FIO INDUSTRIAIS UERJ JORGE LUÍS MACHADO DO AMARAL e MÁRCIO SEBASTIÃO COSTA
11h20 UMA SOLUÇÃO COMPLETA DE CONTROLE AVANÇADO COM 100% DE CONTEÚDO NACIONAL TRISOLUTIONS LEANDRO PORTO LUSA
12h ALMOÇO
13h SEGURANÇA FUNCIONAL DESENVOLVIDA EM LABORATÓRIO UNISINOS EDLAR PREDABON
13h40 CERTIFICAÇÃO DE PROJETOS DE AUTOMAÇÃO COM REDES DIGITAIS ISA/ PEPPERL FUCHS AUGUSTO PEREIRA
14h20 O ESTADO DA ARTE NA DETECÇÃO DE INTERFACE USE ENG. JOSÉ GUILHERME CARVALHO
15h AUTOMAÇÃO EM PLATAFORMAS DE PETRÓLEO. ALTUS FERNANDO ANDRIOLA
15h40 SISTEMAS INTEGRADOS CERTIFICADOS DE FOGO, GÁS E SUPRESSÃO. DET-TRONICS/ KIDDE YOUHANNA LIGABO
16h20 MESA REDONDA CONTEÚDO LOCAL (ANP, ABIMAQ, PETROBRAS e DNV)
Carlos Henrique Wildhagen Moura - Consultor Técnico Petrobras
Claudio Makarovsky - Conselho de Óleo e Gás da ABIMAQ - General Manager Masoneilan, Consolidated Products GE Energy - Oil & Gás
Alberto Machado- Diretor Executivo do Conselho de Óleo e Gás da ABIMAQ
18h20 TRADICIONAL COQUETEL DE CONFRATERNIZAÇÃO COM STAND-UP COMEDY – JUNIOR CHICÓ

Seminário A Mulher na Mídia 8



 

Nos dias 29, 30 de novembro e 1º de dezembro, será realizado no Rio de Janeiro o Seminário Nacional A Mulher e a Mídia 8, cujo tema é Mídia, Sexismo e Racismo: uma pauta ainda em questão? O encontro é voltado para quem atua nas áreas de comunicação, gênero e raça/etnia.

Para participar, é necessário preencher a ficha de pré-inscrição até 9 de novembro. Serão confirmadas 140 inscrições. A programação e o local do evento serão divulgados em breve. Haverá transmissão ao vivo pela internet e internautas poderão participar do debate via e-mail.

O seminário é promovido pelo Instituto Patrícia Galvão, Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM), Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Seppir), Fundação Ford e ONU Mulheres com apoio do BNDES.

Outras informações:
Transmissão online: o Seminário Mulher e Mídia de 2011 será transmitido ao vivo por Internet e as/os internautas poderão participar dos debates via e-mail.
Alimentação: A organização do Mulher e Mídia oferecerá almoço e coffee break para as/os participantes.
Hospedagem: Para as/os participantes que não residem na cidade do Rio de Janeiro, será oferecida hospedagem a partir das 15h do dia 29 de novembro, em local ainda a ser definido.
Transporte: Não haverá apoio para transporte aéreo ou terrestre das/os participantes.

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

V Encontro Internacional de Cinema e Educação




Já em sua quinta edição, o ENCONTRO INTERNACIONAL DE CINEMA E EDUCAÇÃO é organizado pelo grupo de pesquisa
e extensão da UFRJ, Cinema para Aprender e Desaprender (CINEAD), pertencente ao Laboratório do Imaginário Social e Educação (LISE)
e ao Laboratório de Educação, Cinema e Audiovisual (LECAV), o Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE)
da Faculdade de Educação e, a partir deste ano, também pelo Programa de Pós-Graduação da Escola de Comunicação (PPECO),
em parceria com Colégio de Aplicação da UFRJ e com a Cinemateca do Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro.

Este evento tem como público-alvo preferencial alunos e professores das diversas instâncias do ensino, bem como estudantes
e profissionais que possuam interesse no eixo cinema-educação, e visa aprofundar os diálogos entre cinema e educação,
convocando especialistas na área para discutir acerca de temáticas relevantes.
Simultaneamente ao Encontro, ocorre também a Mostra da Faculdade de Educação no MAM, e a Mostra Mirim Internacional
de Minutos Lumière, ambos indo para sua quarta edição, onde são apresentados filmes da categoria "Minutos Lumière", da
autoria de crianças e jovens em idade escolar de todo o mundo.

É emitido certificado de participação de 15h para aqueles que assistirem parcialmente às atividades; e certificado de
participação de 30h para aqueles que participarem integralmente das atividades do encontro.

Seminário A Crise no Capitalismo e o Desenvolvimento no Brasil

Fundações Partidárias debatem “A crise no capitalismo e o desenvolvimento do Brasil

 O evento contará com transmissão on line realizada pela Fundação João Mangabeira (FJM)
A Fundação João Mangabeira (PSB) juntamente com as Fundações Perseu Abramo (PT), Leonel Brizola (PDT) e Maurício Grabois (PCdoB) realizam na próxima segunda feira (28.11), entre 09h30m e 21h, no Hotel Novo Mundo, no Rio de Janeiro, o Seminário “A crise no capitalismo e o desenvolvimento do Brasil”.
Personalidades políticas e referências no campo dos debates acerca de questões desenvolvimentistas e econômicas no cenário brasileiro, já confirmaram presença. “O objetivo do evento é debater a crise econômica internacional e o seu impacto na economia e no desenvolvimento do Brasil. É importante pensar os desafios de um país como o nosso”, destaca o presidente da Fundação João Mangabeira e primeiro-secretário Nacional do PSB, Carlos Siqueira.
Para intensificar o acesso e a participação das pessoas interessadas no tema e que não estarão participando presencialmente, a Fundação João Mangabeira irá transmitir o Seminário on line no endereço: www.tvjoaomangabeira.com.br
Confira a programação do evento:
Seminário: A crise no capitalismo e o desenvolvimento do Brasil
Local: Rio de Janeiro, Hotel Novo Mundo
Data:28 de novembro de 2011
Horário: 09h30m às 21h


Programa Preliminar
09:30 – 10:00 Abertura e apresentação da atividade:
Nilmário Miranda Presidente da Fundação Perseu Abramo
10:00 – 13:00 A Crise Internacional
Expositores: Maria da Conceição Tavares, Luis Carlos Bresser Pereira, Carlos Lessa, Theotônio dos Santos (20’ cada)
Moderador: Carlos Siqueira – Presidente da Fundação João Mangabeira e primeiro-secretário Nacional do PSB
13:30 – 14:30 Almoço
14:30 – 17:30 O Brasil frente à crise – as políticas macroeconômicas
Expositores: Luiz Carlos Belluzzo, Carlos Alonso, Antonio Delfim Netto, Ricardo Bielschowsly (20’ cada)
Moderador: Adalberto Monteiro – Presidente da Fundação Maurício Grabois
18:00 – 21:00 O Brasil frente à crise – políticas desenvolvimentistas
Expositores: Márcio Pochmann, Tânia Bacelar, Wilson Cano, Nelson Barbosa (20’ cada)
Moderador: Manoel Dias – Presidente da Fundação Leonel Brizola – Alberto Pasqualini
21:00 Encerramento

Seminário Internacional Espaço Social e Políticas Públicas: Meninos em Situação de Rua


Coordenadores:
Enzo Rossi (Universidade de Roma “Tor Vergata”)
Dario Sousa e Silva, Maria Josefina Sant’Anna (UERJ)

PRIMEIRO DIA - 30 DE NOVEMBRO
Auditório 91 Bloco F nono andar - Abertura : 9:00
Profa. Cléia Schiavo e Prof. Angelo Aniello Avella
(Universidade de Roma “Tor Vergata”)
9:30 - 10:30
Experiências de extensão Itália-Brasil: Apresentação do livro
"Bambini e adolescenti in condizioni di vulnerabilità: una ricerca nelle strade di Rio de Janeiro"
de Enzo Rossi e co-autores
Irene Rizzzini
Seção 1: Comunicações temáticas de pesquisa acadêmica
10:30 - 13:00
Irene Rizzini (PUC-Rio e CIESPI)
Análise crítica das perspectivas de atendimento à população infantil e juvenil em situação de rua
Mário Volpi UNICEF Brasil
Políticas Públicas e Adolescência: vulnerabilidades e desigualdades que impedem a realização dos direitos
Elizabeth Serra (CIESPI, em convênio com a PUC-Rio)
Avanços e desafios na formulação de políticas públicas pelo Conselho Municipal de Direitos da Criança e do Adolescente
Apresentação do caderno de pesquisa do CIESPI


Seção 2: Iniciativas da sociedade civil

Márcia Gatto Rede Rio Criança
Experiências das ONGs frente às políticas públicas
13:00 - 14:30- Almoço
Continuação das seções
14:30-17:30
Maria Josefina Gabriel Sant’ Anna e Dario Sousa e Silva ( UERJ)
Dinâmica sócio espacial e crianças e adolescentes em situação de rua
Enzo Rossi Universidade de Roma “Tor Vergata”
Fatores de vulnerabilidade e trajetórias de vida
Projeção do DVD: Atividades de extensão dos estudantes da Universidade de Roma “Tor Vergata” no Brasil: pesquisa e solidariedade
SEGUNDO DIA - 01 DE DEZEMBRO
Auditório 93 Bloco F nono andar
9:30 - 12:00
Continução das seções
Frederico Poley Martins Ferreira Fundação João Pinheiro, Belo Horizonte (MG)
Crianças e Adolescentes e o tempo em que moram nas ruas: Análise exploratória de alguns determinantes no Rio de Janeiro
Mara Clemente Università di Roma “La Sapienza”
Crianças e adolescentes em situação de prostituição: políticas, experiências e estratégias de intervenção (em italiano con tradução)
Mauro Furlan Associação Beneficente Amar
Experiência e resultados do Projeto Meninos de rua da Associação Beneficente Amar

Ivan de Faria Vieira Jr OAB/RJ
Título a ser anunciado

12:00 - 13:30
Mesa Redonda
Resultados de pesquisa e sugestões para as políticas públicas
Debate com a participação do público

Participarão:
Monica Alkmin
Mara Clemente
Mauro Furlan
Márcia Gatto
Frederico Poley Martins Ferreira
Enzo RossiMaria Josefina Gabriel Sant’Anna
Dario Sousa e Silva
Ivan Vieira (OAB)

Seminário Estadual Gênero, Raça-Etnia, Diversidade Sexual e Serviço Social

Evento será realizado dias 28, 29 e 30/11 pelo CRESS-RJ e incorporará atividades da ABEPSS e do PROAFRO



SEMINÁRIO ESTADUAL "GÊNERO, RAÇA/ETINA, DIVERSIDADE SEXUAL E SERVIÇO SOCIAL"
Dias 28, 29 e 30 de novembro


Objetivo:
Aprofundar os debates sobre a totalidade das relações sociais e as
particularidades nas relações entre o exercício profissional com as
temáticas do gênero, raça/etnia e diversidade sexual no cenário
contemporâneo do Serviço Social.

Local: UERJ


28/11 (segunda-feira) - Auditório 11
13:00h - Mesa de abertura - CFESS, CRESS, PROAFRO, FSS/UERJ
Palestra inicial:"Diversidade Humana e Serviço Social"
Dra. Marlise Vinagre (Profa. ESS/UFRJ)


14:00h - Mesa e debate: "Diversidade sexual e Serviço Social"Jean Wyllys (Deputado Federal)Dr. Marco José Duarte (Prof. FSS/UERJ)Bruna Andrade (Prof. UFTocantins - Doutoranda em Serviço Social)
17:30h - Coffee break18:00 - Mesa e debate: "Gênero e Serviço Social"Dra. Magali Almeida (Profa. FSS/UERJ)Neuza Pereira (ONG Coisa de mulher) - a confirmar
Dr. Guilherme Almeida (Prof. FSS/UERJ)
29/11 (terça-feira)

Manhã e tarde - Reunião do Grupo de Trabalho e Pesquisa (GTP) de Gênero, Etnia e Diversidade Sexual da ABEPSS
Noite - Evento do PROAFRO (aguardar divulgação da programação no site do CRESS)


30/11 (quarta-feira) - Auditório 1319:00 - Mesa e debate: "Questão racial e Serviço Social"Dr. Marcelo Paixao (Prof. IE/UFRJ) - a confirmarRosely Rocha (Assistente Social do Instituto Fernandes Figueira, Doutoranda em Serviço Social)Aline Batista de Paula (Assistente Social e Mestra em Serviço Social
)

domingo, 27 de novembro de 2011

Trem do Samba 2011



Trem do Samba 2011 já tem Programação
“O samba da minha terra deixa a gente moleQuando se canta todo mundo bole (…)O samba da minha terra deixa a gente moleQuando se canta todo mundo bole (…)”
Samba da minha terra
.
Está chegando o Trem do Samba 2011…
Em comemoração ao Dia Nacional do Samba (02/12) a SuperVia já está esquentando os tambores da 16°Edição do Trem do Samba… O evento começa no próximo dia 29 de novembro com shows na Central do Brasil com baluartes do samba. No sábado, dia 03/12 o Trem do Samba parte da Central do Brasil rumo a Oswaldo Cruz em diferentes horários. Confira a programação e prepare-se para começar a curtir o melhor do samba carioca!


PROGRAMAÇÃO
TREM DO SAMBA 2011

CENTRAL DO BRASIL – 18H

DIA 29/11
MARQUINHOS DE OSWALDO CRUZ, VELHA GUARDA DA PORTELA, MONARCO, MAURO DINIZ
DIA 30/11
MARQUINHOS DE OSWALDO CRUZ E VELHA GUARDA DO IMPÉRIO SERRANO
DIA 01/12
MARQUINHOS DE OSWALDO CRUZ, ZÉ DA VELHA E SILVÉRIO PONTES, LUPERCE MIRANDA FILHO E CRISTÓVÃO BASTOS
DIA 02/12
MARQUINHOS DE OSWALDO CRUZ, DONA IVONE LARA, MONARCO, NELSON SARGENTO
OSWALDO CRUZ – 02 /12 – 20H
RUA JOÃO VICENTE (ao lado da estação de trem de Oswaldo Cruz)
REINALDO
RUA ÁTILA DA SILVEIRA
PAGODE DA TIA DOCA, MAURO DINIZ CONVIDA NOCA DA PORTELA, TIA SURICA, DELCIO CARVALHO, TANTINHO DA MANGUEIRA
CENTRAL DO BRASIL – 03/12 – 15H
MARQUINHOS DE OSWALDO CRUZ, VELHAS GUARDAS DA PORTELA, IMPÉRIO SERRANO, MANGUEIRA, SALGUEIRO, VILA ISABEL, BATEIRA DO MESTRE FAÍSCA ENTRE OUTROS
VIAGEM DOS TRENS ATÉ OSWALDO CRUZ
OSWALDO CRUZ – A PARTIR DAS 20H
RUA JOÃO VICENTE (AO LADO DA ESTAÇÃO DE TREM DE OSWALDO CRUZ)
RODA DE SAMBA NÉZIO E NEGÃO DA ABOLIÇÃO E MARTINÁLIA
RUA ÁTILA DA SILVEIRA
GRUPO DE ABERTURA (CONVIDADOS TONINHO GERAIS, MARQUINHOS DINIZ, NOCA DA PORTELA, ZÉ LUIZ DO IMPÉRIO SERRANO) E ARLINDO CRUZ
PRAÇA PAULO DA PORTELA (PORTELINHA)
VELHAS GUARDAS DA PORTELA, IMPÉRIOS ERRANO, MAGUEIRA, SALGUEIRO E VILA ISABEL E FUNDO DE QUINTAL
SAÍDAS DOS TRENS (03/12 – Estação Central do Brasil)
1º TREM – HORÁRIO 17H
PRIMEIRO VAGÃO – VELHA GUARDA DO SALGUEIRO
SEGUNDO VAGÃO – PAGODE DO RENASCENÇA
TERCEIRO VAGÃO – PAGODE DO NELSINHO E DA WILMA
QUARTO VAGÃO – CLUBE DO SAMBA
QUINTO VAGÃO – GRUPO SAMBA D`LLAS
SEXTO VAGÃO – EMBAIXADORES DA FOLIA
SÉTIMO VAGÃO – CACIQUE DE RAMOS
OITAVO VAGÃO – DEMOCRÁTICOS DE GUADALUPE
2º TREM HORÁRIO 17H30
PRIMEIRO VAGÃO – BLOCO DOS CACHAÇAS
SEGUNDO VAGÃO – BATERIA DO MESTRE FAÍSCA
TERCEIRO VAGÃO – SAMBOLA / NALDO
QUARTO VAGÃO – PARADOS NA PONTE
QUINTO VAGÃO – BIP BIP
SEXTO VAGÃO – QUINTAL DO SAMBA (SÃO JOÀO DE MERITI)
3º TREM – HORÁRIO 18H
PRIMEIRO VAGÃO – GRUPO NOSSA ARTE ( NITERÓI)
SEGUNDO VAGÃO – BLOCO MANGA PRETA
TERCEIRO VAGÃO – LOCOMOTIVAS DO SAMBA
QUARTO VAGÃO – GRUPO DA ANALIMAR
QUINTO VAGÃO – AGENDA SAMBA CHORO
SEXTO VAGÃO – CRIOLICE
SÉTIMO VAGÃO – GALERIA VELHA GUARDA DA PORTELA
OITAVO VAGÃO – GRUPO REGENTE
4º TREM – HORÁRIO 18H30
PRIMEIRO VAGÃO – SAMBA ALEGRE
SEGUNDO VAGÃO – SAMBA PURO DE BELFORT ROXO
TERCEIRO VAGÃO – CENRO CULTURAL LAPA
QUARTO VAGÃO – SAMBA LEGAL
QUINTO VAGÃO – NOSSA ARTE DE NITERÓI
SEXTO VAGÃO – SURPRESA DO SAMBA

RODAS DE SAMBA EM OSWALDO CRUZ
01
Bloco dos Cachaças
02
Manga Preta
03
Grupo Autonomia
04
Grupo da Analimar
05
Mestre Faísca
06
Pagode do Nelsinho e Wilma
07
Sobral da Serra -
08
Pagode do Gil – Democráticos de Guadalupe
09
Carvoaria do Luciano – Grupo Samba D`ellas
10
Pagode da Dulcinha e do Zaú
11
Grupo Regente
12
Renascença
13
Quintal do Samba
14
Pagode da Vera Caju- Parados na Ponte
15
Bip Bip

Campanha de Educação Ambiental nas Praias Cariocas 2011



Quem não gosta de ir a praia e ver que está tudo limpo? Mesmo para aqueles que só curtem a praia só a noite é fundamental encontrar um ambiente agradável e não ter a impressão que foram animais que passaram por ali, não é verdade?
É claro que no fim do dia a Comlurb(Companhia Municipal de Limpeza do Rio) faz o seu papel, muito bem feito por sinal, mas leva um tempo para deixar tudo em ordem.
O Verão está chegando, época em que a orla carioca fica “bombando” (muito cheia) e com isso toneladas de lixo são produzidas nas praias. Então a melhor forma de minimizar o problema é educando o povo (lembram que anos atrás ninguém utilizava o cinto de segurança nas carros e hoje, depois de uma forte campanha do uso do cinto, a maioria das pessoas automaticamente colocam o cinto ao sair com o carro?).
Pensando nisso, amanhã(26) a Prefeitura começa ações de educação ambiental na praia do Leme com orientações para os frequentadores a deixarem qualquer tipo de comida e materiais que envolvem os alimentos nas lixeiras existentes nas calçadas e que evitem a circulação de cachorros nas areias. Será montada uma tenda na praia e uma equipe vai distribuir material de divulgação sobre o monitoramento das areias. E os banhistas que se interessarem terão a oportunidade de conhecer mais detalhes sobre o programa AREIAS CARIOCAS, em que técnicos da Secretaria de Meio Ambiente vão apresentar como são identificadas as bactérias indicadoras de poluição.

O Programa AREIAS CARIOCAS avalia a qualidade das areias de 27 praias cariocas e do Piscinão de Ramos, com o objetivo de assegurar as condições adequadas à recreação de contato primário, através da orientação e monitoramento de ações públicas e privadas.

A campanha será feita nos próximos 2 finais de semana, das 9h às 13h, e volta no começo do verão no dia 22/12 indo até 20/03/2012.
Pessoal vamos nos conscientizar da importância de pequenas atos (jogar o lixo na lixeira) e incentivar outras pessoas a fazerem o mesmo.


Programação:
Horário: das 9h às 13h:
Datas e Locais:
Dia 26/11 (sábado): Leme, no ponto central da praia;
Dia 27/11 (domingo): Copacabana, no calçadão em frente à Rua Souza Lima;
Dia 03/12 (sábado): Ipanema, no calçadão em frente à Rua Maria Quitéria;
Dia 04/12 (domingo): Leblon, próximo ao Baixo Bebê.
Obs.: a campanha vai recomeçar no período oficial da Estação Verão (22/12/2011 a 20/03/2012).

Exposição GFZ



Os desenhos do artista Gianfranco Zavalloni estarão expostos no Café com Letras entre os dias 11 e 31 de janeiro. As obras são compostas por desenhos feitos com caneta de bambu desenvolvida pelo próprio artista que costuma passar horas desenhando em seus cadernos.



Ao todo serão 20 obras com 70 cm x 70 xm que refletem o gosto pessoal de Gianfranco sobre diversos temas, como o modo que enxerga o Brasil e sua estadia em Belo Horizonte. Uma característica em comum dos desenhos é a estética clean e simples, definida pelo artista como "zen". Apesar das diversas obras prontas, Gianfranco optou por expor apenas aquelas que foram concebidas no Brasil como uma forma de mostrar sua relação com o pais.

É possivel conhecer todo o trabalho de Gianfranco Zavalloni no
Flickr dele.



Sobre o artista

Gianfranco Zavalloni nasceu no dia 07 de dezembro em Cesena, na Itália. Sempre viveu na região de Romagna até 2008 quando mudou para o Brasil para trabalhar como coordenador do Gabinete de Cultura e Escola do Ministério de Relações Exteriores da Itália. Além disso, é um dos líderes da associação voluntária Ecoistituo de Cesena.

Exposição “GFZ”

Data: 11 janeiro a 31 de janeiro
Local: Café com Letras – Rua Antônio de Albuquerque, 781
Horário de visitação: de segunda a quinta-feira, das 12h a 0h; sexta-feira e sábado, das 12h a 1h e no domingo, das 17h às 23h.
Informações: (31) 3225 9973
Entrada franca

Exposição Marias e Urbana


Marias e Urbano

Duas séries de imagens revelam facetas do universo feminino e a inerente sensação de solidão do homem da cidade grande na exposição da artista plástica Ana Ricciardi




Traços feitos em nanquim sobre papel Canson são a base dos desenhos da artista Ana Ricciardi que fará sua primeira exposição no Café com Letras, a partir do próximo dia 16. A exposição é composta por duas séries de desenhos, "Marias" e "Urbano", ambas representam estereótipos da sociedade contemporânea.



As "Marias" traduzem de forma divertida o universo feminino. Esse termo é tomado como uma licença poética na tentativa de traduzir algo peculiar às mulheres. Nesse universo, ao mesmo tempo que existem singularidades que as diferencia, existe algo que lhes é comum: a necessidade de se construir um saber sobre o que é ser mulher e, nesse ponto, todas são iguais, são Marias.



Já na série "Urbano", que também retrata a figura humana, a artista representa o ser solitário que habita as metrópoles. Viver em grandes centros urbanos pode significar viver só, mesmo quando se está rodeado de pessoas. Por isso, os "Urbanos" são duros, tensos e apagados.



As formas humanas criadas pelas artista seguem sua preferência sendo disformes e desproporcionais. Outro fato presente na exposição é a utilização de técnica nanquim, na série "Marias", e da serigrafia, na série “Urbano”. Para Ana, "nas artes plásticas, menos é mais, por isso, gosto mais de linhas do que manchas". Para completar a exposição, a artista fará um desenho inédito diretamente na parede do Café com Letras.


Data: 16 de novembro de 2011 a 04 de dezembro
Local: Café com Letras – Rua Antônio de Albuquerque, 781 – Savassi
Horário de visitação: segunda a quinta, das 12h a 0h; sexta e sábado, das 12h a 1h e domingo, das 17h às 23h.
Outras Informações: (31) 3225 9973 ou assessoria@cafecomletras.com.br
Entrada franca

Lançamento do Livro Abadia França



ABADIA FRANÇA
Artista plástica lança livro que traça um panorama de sua trajetória, que completa 40 anos.

Formada pela Fuma, Abadia França é artista plástica de Belo Horizonte que nas últimas décadas dedicou-se aos traços de desenhos como forma de mostrar seus questionamentos existencialistas e sua visão sobre o mundo. Mesmo que seja um mundo bem pequeno mas com grande importância, como as células humanas.

O livro é composto de imagens e palavras que mostram as fases profissionais de Abadia França. Cada uma das décadas foi separada no livro e são compostas de desenhos que resumem os interesses e obras da autora naquele determinado período.

Na década de 1970, por exemplo, quando iniciou os estudos de desenho científico, Abadia pesquisou as formas e texturas inerentes ao corpo humano. O resultado são imagens abstratas que demonstram "nossa pequenez", como afirma Ronald Clever, responsável pelo texto introdutório do livro.

• Anos 80: Nas buscas, observações, estudos da fauna e flora, principalmente das montanhas de Minas Gerais, surge à arte com temáticas ecológicas.
• Anos 90: é uma fase de crescimento e consciência ecológica, estudos e pesquisas da aplicação da reciclagem na arte.
• Anos 2000: É o tempo de grande maturidade de consciência artística e ecológica uma arte interativa levando o espectador a refletir. Com propostas e técnicas da reciclagem conscientizando a preservação do meio ambiente e sua necessidade vital para o homem moderno.

Tanto em relação à escolha dos materiais quanto em relação aos temas ― compromisso com o que ela denomina conscientização ecológica, levantando reflexões sobre a necessidade de preservação do meio ambiente..


Abadia França é da geração de estudantes do Instituto de Belas Artes e Artes Gráficas de Belo Horizonte, a escola fundada sob a direção de Alberto da Veiga Guignard, onde estudou entre 1969 e 1971.

Depois disso, passou por um período de pesquisa na UFMG e, em 1979, cursou uma especialização em desenho científico no Instituto Hilton Rocha. Na década de 1980, Abadia trabalhou na penitenciária de Ribeirão das Neves e especializa-se em Artes Plásticas pela UFMG. 

Já teve obras expostas em Roma, Munique e Nova Iorque.

SERVIÇO

Lançamento do livro "Abadia França"
Data: 26 de novembro de 2011
Horário: das 11h às 13h30
Local: Café com Letras - Rua Antônio de Albuquerque, 781 - Savassi
Entrada franca

sexta-feira, 25 de novembro de 2011



Celso Furtado: a dimensão cultural do desenvolvimento.

A mesa inaugura um projeto que visa retomar a leitura das obras de Celso indo além da economia e englobando, mais especificamente, seu pensamento e suas reflexões sobre a cultura.

Pretende-se explicitar a relevância do seu pensamento original para a caracterização de um conceito de cultura capaz de iluminar a compreensão do processo histórico em sua totalidade e, com isso, afinar e dar coerência aos instrumentos teóricos necessários para se entender a atual crise do capitalismo, assim como as perspectivas que se abrem ao Brasil para a construção de um projeto nacional pensado em termos de Cultura e Desenvolvimento.
                 

14h-16h
Parte I | História, Cultura e Criatividade


A atualidade da crítica de Furtado à modernização
Plínio de Arruda Sampaio Jr. | Unicamp
                 
História e cultura em Celso Furtado
João Antonio de Paula | Cedeplar, UFMG
                 
Da dependência tecnológica à cultura da dependência
Bruno Borja | UFRJ

16h-16h30 - Coffee Break


16h30-18h30
Parte II | Cultura, Direito e Inovação


Direito e subdesenvolvimento: o desafio furtadiano
Gilberto Bercovici | USP

Inovação em Celso Furtado
Eduardo Motta e Albuquerque | Cedeplar, UFMG

O conceito de cultura em Celso Furtado
César Bolaño | UFS

18h30 - Coquetel


 
Coordenador
                 
César Bolaño

Mediadores
Rosa Freire d’Aguiar Furtado
Arturo Guillén

Local (atenção - MUDANÇA DE ENDEREÇO)
Edifício Ventura Oeste (Auditório/BNDES)
Avenida Chile nº 330, 8º andar • Centro • Rio de Janeiro
                 
Informações: (21) 2172 6312 / 6313
                 
                 
Sem inscrição prévia.
Evento aberto e gratuito.
Pede-se chegar 15 minutos antes para credenciamento.

Trasmissão ao vivo a partir das 14h do dia 25/11.
* O link será disponibilizado no dia do evento na página principal do Centro Celso Furtado.
* Os links para acesso à transmissão ao vivo pelo BlackBerry/Android e Iphone/Ipad também serão disponibilizados no dia.

Natal de Luz em Petrópolis 2011


Petrópolis Imperial - Natal de Luz e as principais atrações turísticas

ABERTURA OFICIAL DIA 25/11 ÀS 19H NA PRAÇA DA LIBERDADE
PRESENÇA DA CANTORA SIMONE CANTANDO SEUS SUCESSOS DE NATAL


Quem escolher visitar Petrópolis entre 25 de novembro a 23 de dezembro de 2011 encontrará um agradável recanto para descansar e uma programação cultural recheada de eventos especiais.


No NATAL DE LUZ – PETRÓPOLIS 2011, artistas de todo o Brasil e da cidade trazem mais de 200 belíssimos espetáculos – entre concertos de orquestras e coros, peças de teatro, apresentações de ballet e grupos musicais de nível internacional - que acontecerão no Centro Histórico e em mais de 30 localidades. Além disso, o público poderá desfrutar de dois desfiles natalinos – as “Paradas de Luz” – produzidos especialmente para a ocasião, e de festivais de cinema nos bairros e no Centro de Cultura R aul deLeoni.


Enquanto todos aproveitam o melhor das atrações natalinas na Serra, vale a pena descobrir tudo o que a cidade oferece nesta e em todas as épocas do ano.
.
Ambientação especial
Para tornar o Natal de Luz mais inesquecível para os petropolitanos e turistas, a Prefeitura de Petrópolis inovou na tradicional iluminação cênica da cidade. Este ano serão utilizadas bolas coloridas de silicone na decoração que poderá ser conferida até o dia 06 de janeiro.


Desde a segunda quinzena de outubro, a Secre tariade Obras executa o serviço de instalação das novas luminárias em cerca de mil árvores em 21 pontos da cidade distribuídos por todos os distritos, do Centro Histórico até a Posse, totalizando 962 pontos de iluminação.


Também está prevista a decoração das fachadas dos prédios públicos e postes, com a utilização de mangueiras luminosas na cor amarela, cada uma contendo cerca de 30 LEDs (diodo emissor de luz na sigla em inglês) por metro, contornando as fachadas, janelas e portas dos prédios.


Pelo Centro Histórico, pode-se destacar o Obelisco, que contará com um sistema de iluminação bem diferente e atrativo. Sua estrutura receberá projetores de luzes, interligados num equipamento apropriado que permitirá a sincronização emudança das cores vermelha, verde, azul, amarelo e branco.


Nas calçadas, a Prefeitura montará dez árvores com seis metros de altura e cinco de diâmetro em diversos pontos da cidade. Nos trevos da Posse e Teresópolis serão instaladas 10 estruturas de ferro circular com 5,5 metros de comprimento em formato de árvore, recobertas com 6.500 LEDs.


Cinco pontes de pedestres (Praça da Liberdade, Avenida Koeller, Av. Tiradentes, Rua Imperatriz e Alfredo Pachá) serão contornadas com mangueira de led’s na cor vermelha. As mesmas, na cor amarela, também enfeitarão os portais da cidade.


Vale lembrar que  asluminárias instaladas são do tipo “eficiente”, com ganhos também para o meio ambiente porque proporcionam uma economia no consumo de energia elétrica e menor poluição.


.
Os locais que serão iluminados:
Praça da Liberdade / Praça Dom Pedro II / Praça dos Expedicionários / Avenida Koeller / Catedral São Pedro de Alcântara / Avenida Tiradentes / Rua da Imperatriz / Praça Alcindo Sodré / Rua do Imperador / Praça Duque de Caxias / Praça da Inconfidência / Praça Visconde de Mauá / Palácio de Cristal / Avenida Roberto da Silveira / Rua Alfredo Pachá / Padre Siqueira / Praça do Itamarati / Praça de Cascatinha / Parque Municipal de Itaipava / Trevo de Teresópolis e daPosse.
.
Abertura em grande estilo
A abertura oficial do evento acontece no dia 25 de novembro, às 19 horas, na Praça da Liberdade. Na ocasião o Prefeito Paulo Mustrangi e autoridades, inauguram as luzes de natal que ornarão a cidade do Centro Histórico à Posse. Em seguida, o público será brindado com a apresentação da cantora Simone que será acompanhada pelos Corais de Petrópolis.


.
Conheça alguns destaques da programação:
Casa do Papai Noel
Entre a snovidades deste ano está a Casa do Papai Noel na Praça da Liberdade. O local escolhido foi o CIT (Centro de Informações Turísticas) que receberá decoração especial para receber o bom velhinho.


Sua chegada está marcada para o dia 04 de dezembro, às 10h em uma grande festa para a criançada.
.
Ballet O Quebra-Nozes
A renomada Cia. Brasileira de Ballet volta a Petrópolis agora em 03 imperdíveis apresentações, o famoso clássico de Natal “O Quebra-Nozes”. Dias 07, 08 e 09/12, às 19h30, no Theatro D. Pedro. Os ingressos poderão ser trocados por 1kg de alimento não perecível ou 1 brinquedo novo.


.
Parada de Luz
Sucesso de público em 2010, a Parada de Luz chega este ano cheia de novidades. Os desfiles acontecem nos dias 10 e 18 de dezembro, às 20h, a Rua do Imperador e contarão com 271 integrantes e quatro carros alegóricos com motivos natalinos.


A iniciativa cria a possibilidade de geração de renda para costureiras, aderecistas, figurinistas e outros profissionais tradicionalmente ligados á indústria do Carnaval. Estes aproveitam o glamour da cidade, o clima serrano e as tradições da colonização europeia para criar um momento de pura magia e beleza, que crianças e adultos ao adorar!


.
Jantar beneficente com música ao vivo
Dia 17 de dezembro, às 20h, será promovida a terceira edição do Jantar Beneficente em prol do FUNCRIA (Fundo da Criança e do Adolescente), no Parque Municipal de Petrópolis, em Itaipava. O valor dos ingressos, de R$ 25,00, será revertido para instituições que cuidam de crianças e adolescentes carentes da cidade.


.
Coral Integração 500 vozes
E no dia 22 de dezembro, às 20h acontece na Igreja do Rosário, uma das apresentações  maisaguardadas do NATAL DE LUZ: o Coral Integração 500 Vozes acompanhado do quarteto de sopros, órgão e percussão da Orquestra Filarmônica de Petrópolis.
A grande novidade deste ano será a participação, mais que especial, da cantora italiana Mafalda Minnozzi.


.
Feiras de artesanato
Para quem quer conhecer mais do artesanato típico da cidade, o NATAL DE LUZ - PETRÓPOLIS 2011 será a ocasião ideal. Durante todo o período das festividades, mais de 30 artesãs irão e xpor trabalhos manuais na Weihnachtsmarkt, feira de inspiração germânica que acontecerá dentro do Palácio de Cristal, de segunda a domingo, das 9h às 18h.


Haverá ainda a Feira de Artesanato da Praça da Liberdade, todos os dias de 9h às 18h (exceto em dias de evento na Praça que o atendimento será estendido), que reunirá artesãos de associações locais, para mostrar diferentes tipos de artesanato.
.
Festival de Cinema Itinerante
Como parte integrante da programação do NATAL DE LUZ - PETRÓPOLIS 2011 nos bairros da cidade, o Festival de Cinema Itinerante levará cultura e alegria para crianças e adultos de 20 localidades.


A novidade este ano está na escolha dos filmes. Foram selecionados longas metragen sbaseados em histórias reais, cujo objetivo é levar a população mensagens de paz, solidariedade e lições de vida. As exibições acontecerão em lugares amplos, visando atender melhor o grand e público, sempre às 19h. Um caminhão aparelhado de telão, projetor e equipamento sonoro montará, em cada comunidade, uma verdadeira sala de cinema. Praças, campos de futebol, quadras de esporte e colégios poderão receber até cerca de 300 pessoas por sessão. Muitos filmes divertidos irão abrilhantar o Natal das plateias que moram distantes de uma sala de cinema.


Filmes a serem exibidos:

1- Reine sobre mim - (sobre amizade e cura para depressão)

2- Mãos talentosas - ( jovem negro de família pobre se torna um

grande médico)

3- Prova de fogo - (aluna mostra seu talento com as palavras influenciadas por professor)

4- Encontrando Forrester - (menino de classe baixa descobre talento para literatura ao conhecer escritor)

5- Amigos de ouro - ( família unida, expressa seu amor por animais)

6- Os fantasmas de scroog – Único não baseado em fatos reais. Um drama de animação com muita aventura. (Com a morte de seu sócio, Ebenezer recebe a visita de três fantasmas do Natal: do passado, do presente e do futuro. Cada um deles levará o velho ranzinza para uma viagem que o ajudará a refletir melhor sobre sua vida passada e a escolha que fará para o futuro.)
.
Natal nos Bairros
O NATAL DE LUZ 2011, este ano ampliou sua programação nos bairros da cidade. Mais de 30 localidades serão palco de dezenas de belíssimas apresentações de corais, de teatro e do Festival de Cinema Itinerante.


Além de levar a alegria e a magia do Natal para os moradores, o evento oferece a inclusão sociocultural em comunidades carentes, proporcionando também, a valorização e o fomento da cadeia criativa de Petrópolis.
.
Banda dos Fuzileiros Navais
Para encerra r oNATAL DE LUZ 2011 em grande estilo, a Banda Sinfônica do Corpo de Fuzileiros Navais, composta por 90 músicos e um coro de 25 vozes, se apresentará no dia 23 de dezembro, às 20h no Theatro D. Pedro. No repertório músicas eruditas e populares prometem emocionar o público. Os ingressos poderão ser retirados através da doação de 1kg de alimento não perecível ou 1 brinquedo novo, até dois antes do evento.


.
Expectativa de público
No ano passado, 50 mil pessoas participaram das atrações oferecidas pelo NATAL DE LUZ. Para este ano, a expectativa é de um aumento de 10% durante toda a festa, nos eventos que acontecerão no Centro Histórico, bairros e distritos.


.
Novos atrativos à espera
Ícones que tornam Petrópolis conhecida internacionalmente, como o Museu Imperial, o Palácio de Cristal, a Catedral São Pedro de Alcântara, o Palácio Rio Negro, e a Casa de Santos Dumont são paradas obrigatórias para quem se interessa pela História do Brasil. Conhecer de perto a rica arquitetura e as curiosidades desses e de outros monumentos é uma oportunidade fascinante, que deve ser aproveitada por todos que visitam a cidade, que agora tem novos motivos para permanecer mais tempo na cidade.


2011 foi marcado pela abertura de quatro novos atrativos, aumentando a oferta turística da  cidade.São eles: Museu de Cera, Casa Cláudio de Souza, Palácio Itaboraí e o Beer Tour da Cervejaria Itaipava. Ou seja, se antes, vir à Petrópolis Imperial nesta época do ano já era um convite ao visitante conhecer alguns atrativos que já fazem parte dos muitos roteiros turísticos que só a cidade pode oferecer, agora oferece ainda mais opções, tornando a estada na Petrópolis Imperial ainda mais interessante.


Uma boa sugestão é o passeio a pé ou de charrete pelo Centro Histórico, inteiramente preservado e tombado pelo IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional). A Avenida Koeler, por exemplo, possui em um único quarte irão, uma sucessão de mansões que representam todos os estilos arquitetônicos do século XIX.
.


História, Natureza e muito Mais!
A natureza exuberante também chama a atenção de quem passa por aqui. Afinal, não é muito comum encontrar um município bem estruturado e desenvolvido que ainda preserva o verde em sua área urbana. Petrópolis tem 83% de sua área total cont ida em uma APA (Área de Preservação Ambiental), e por isso oferece contato com o verde em toda parte, e também, opções variadas de turismo ecológico para quem gosta de programas radicais e aventuras em meio à natureza.


.
Enogastronomia diferenciada: delícias à parte
Agastronomia também é um aspe cto no qual a cidade se destaca. Os fãs da culinária encontram aqui um roteiro enogastronômico diversificado: são mais de 160 bares e restaurantes, que servem de comida caseira a pratos exóticos. Cozinhas do mundo inteiro se misturam e combinam, criando sabores que agradam a todos os paladares.


.
Realização: Prefeitura de Petrópolis e Ministério da Cultura (Lei de Incentivo à Cultura)
Organização: Fundação de Cultura e Turismo
Apoio: Diocese de Petrópolis / UCP / Canta Petrópolis / Banco do Brasil / Governo de Estado do Rio de Janeiro / Secretaria de Estado de Turismo /TurisRio
Patrocínio: Águas do Imperador / GE Celma
Disque-Turismo 0800 024 15 16